Arteterapia

Publicado em 21 de agosto de 2007, terça-feira.

Criar é expressar nossa existência, as emoções humanas mais profundas e a Arteterapia lida com este processo criativo. Criar abrange a habilidade em usar o cérebro para alterar, renovar, recombinar os aspectos da vida. Implica em sentir o mundo com vitalidade e fazer um novo uso do que se percebeu. É expressar nossas vivências, sonhos, conforme os sentidos e descobrir novas formas segundo as quais uma sociedade pode ser construída.

Criar é querer ser imortal. A Arteterapia é o uso da arte como terapia. Embora seja uma atividade milenar, se desenvolveu há cerca de 60 anos. Consiste na criação de material sem preocupação estética e sim apenas de expressar sentimentos. Esta catarse é muito sadia e faz com que o indivíduo se reorganize internamente. A arte é por si só uma atividade regeneradora. No processo criativo, a energia do inconsciente se liga a um arquétipo e o expressa numa linguagem simbólica. A arte é um canal para um nível não verbal de percepção que leva ao processo de individuação. Neste processo somos forçados a nos confrontar com diversas facetas de nosso íntimo que estão geralmente em conflito com nossas idéias e comportamento consciente.

A Arteterapia é então uma terapia que, através da estimulação da expressão, do desenvolvimento da criatividade.

Favorece:

- A liberação de emoções, de conflitos internos, de imagens perturbadoras do inconsciente.
- Contato com ansiedades, conteúdos reprimidos, medos.
- Coordenação motora.
- Mais e melhores "saídas" no dia a dia.
- O processo de individuação.
- Equilíbrio físico/ mental/ espiritual.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.