Curiosidades sobre o Chocolate

Publicado em 25 de março de 2008, terça-feira.

Séculos atrás, Napoleão Bonaparte já havia percebido que o chocolate não era um produto qualquer e o teria levado em várias de suas campanhas.

Os livros citam inclusive uma determinação sua que diz: "O cacau não é um item de luxúria ou simplesmente um doce. Suas propriedades nutricionais são evidentes e incomparáveis, e por causa de seu aroma e seu sabor, que são extremamente prazerosos ao nariz e ao paladar; por esse motivo, tornou-se um produto de consumo em massa para o qual eu proclamo uma tarifa mais baixa, pois oferece um benefício físico e moral." (Texto de Napoleão III, 5 de Janeiro de 1860).

Apesar de ser um produto antiqüíssimo, a descoberta dos benefícios cosméticos do cacau foi relativamente tardia, já que a extração de suas matérias-primas era mais focada para a indústria alimentícia.

A transição para o uso cosmético se deu quando os pesquisadores, depois de verificarem a sua alta capacidade de hidratação, descobriram ativos extraídos da casca dos grãos de cacau com propriedades anti-estressantes e fito-emagrecedoras.

Hoje, a cosmética "Gourmet" é uma tendência mundial que associa a idéia de prazer e nutrição dos alimentos para pele. Da casca dos grãos de cacau, especialmente ricos em teobromina e cafeína, dependendo do processo de extração, obtém-se:

- Propriedades emagrecedoras quando feito à base de xantinas;
- Ação anti-radical livre (antienvelhecimento) quando realizados à base de polifenóis.

Além disso, o aroma do cacau exerce influência sobre o sistema nervoso. As betaendorfinas liberadas proporcionam sensação de bem estar.

Atualmente, os ativos cosméticos buscam essa associação da eficácia com o prazer e harmonia, porém, em um produto cosmético é a eficácia que ainda pesa mais.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.