Alcachofra

Publicado em 25 de março de 2008, terça-feira.

Alcachofra (nome científico Cynara Cardunculus subsp. scolymus), uma planta herbácea, que é nativa da região mediterrânea. É uma espécie perene, de clima temperado, que rebrota todos os anos após a estação de frio.

É normalmente indicada para Afecções hepatobiliares, arteriosclerose, diabetes, afecções urinárias, hipertensão, obesidade, reumatismo. Tem várias propriedades medicinais como: Colagoga, depurativa, digestiva, diurética, colerética, anti-reumática, hipoglicemiante, antiuréica, anticolesterolgênica.

Ela apresenta folhas dispostas em roseta, longas, com cerca de um metro de altura, espinhentas, de coloração verde na parte superior e pubescentes na superfície inferior. Do centro da planta surge uma haste floral comprida, onde são elaboradas as alcachofras, que são inflorescências grandes, reunindo numerosas flores púrpuras e cobertas de grossas brácteas membranáceas.

As partes comestíveis da alcachofra são as partes chamdas de brácteas, conhecidas por pétalas, e se acumulam em um receptáculo também substancial, achatado e comestível. Produz inúmeros frutos do tipo aquênio. As principais variedades de alcachofra são: Violeta de Provença, Roxa de São Roque, Camus da Bretanha e Roxa da Romanha.

As alcachofras precisam ser colhidas antes da abertura das flores, com as pétalas ainda aderidas e arroxeadas, pois se tornam muito duras depois. Elas podem ser preparadas cozidas ou assadas em vários pratos quentes ou até mesmo em deliciosas conservas. Os "espinhos" das brácteas só devem ser removidos após o cozimento. É uma hortaliça com muitos nutrientes, saborosa e de bom gosto. Deve ser mantida sob sol integral, em solo fértil, bem drenado e enriquecido com matéria orgânica. O solo para o cultivo deve estar bem ventilado, fundo e macio, para o pleno desenvolver-se das raízes que são muito profundas.

Envie sua mensagem

Copyright 2015 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.