Asma alérgica

Publicado em 4 de janeiro de 2015, domingo.

A asma é uma doença respiratória que afeta os pulmões e está intimamente associada com as alergias. A asma geralmente é uma doença hereditária. Embora nós saibamos muito sobre a asma e que milhões de pessoas têm essa doença, não sabemos o que a causa. Esse artigo explorará mais sobre asma alérgica.

O que causa a asma alérgica?

Desencadeadores de asma alérgica incluem alergênicos como mofo, pólen, ácaros da poeira e barata, e pêlos de animais. Outros desencadeadores incluem uma variedade de fatores irritantes como fumaça de cigarro e estímulos como água fria, infecções e exercício.

Asma alérgica

Ser do tipo preocupado ou medroso também pode desencadear ataques de asma ou tornar um ataque mais grave. Estresse emocional e reações corporais estão ligados através de um vínculo que, felizmente, pode ser rompido através de relaxamento e exercício, gerenciamento do estresse, e nutrição adequada. Outros desencadeantes capazes de causar (ou piorar) os sintomas da asma incluem infecções virais, alergias a medicamentos, e até emoções positivas, como excitação e gargalhada.

Quando os asmáticos encontram um desencadeante, as suas vias aéreas ficam inflamadas e inchadas e aumentam a produção de muco, o que reduz o suprimento de ar. O sibilo, som semelhante a um apito que sai do peito e que pode ser ouvido na expiração, é o sintoma mais identificável da asma, resultado das vias aéreas estreitadas pelo processo inflamatório. Entretanto, alguns asmáticos nunca sibilam. Outros sintomas podem incluir tosse, falta de ar, compressão do peito e respiração difícil.

Sintomas da asma alérgica

Os sintomas da asma variam de leves a graves e podem acontecer ocasionalmente ou diariamente. A asma começa tipicamente durante a infância, mas adultos também podem desenvolvê-la. A exposição a irritantes, como fumaça de cigarro, em uma tenra idade aumenta as chances de desenvolver asma.

Ataque de asma

Imagine usar um espartilho vitoriano em volta do seu peito que alguém continua apertando e apertando. Essa sensação é uma realidade para os asmáticos de hoje em dia. Quando um asmático encontra um desencadeante, o corpo reage enchendo as vias aéreas com mucos e fazendo com que o revestimento interno dos brônquios inche e os músculos das vias aéreas contraiam.

Os asmáticos, incluindo crianças, devem identificar e evitar desencadeantes de um ataque, os sinais conhecidos de um ataque iminente, e preparar os medicamentos receitados. Os asmáticos também devem alertar os amigos, família e colegas para os sintomas clássicos do ataque: respiração difícil, dificuldade para falar e andar, hiperventilação, pulso acelerado e um tom de pele azul ou cinza, particularmente em volta dos lábios (por falta de oxigênio). E o mais importante é que os asmáticos e os outros devem saber que um ataque de asma é uma emergência médica e deve ser tratada como tal.

A asma alérgica pode ser causada por um grande número de fatores, incluindo esporos de mofo e pêlos de animais domésticos. É importante conhecer os sintomas da asma alérgica e saber como tratá-los.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.