Você também quer uma vida saudável?

Publicado em 7 de junho de 2018, quinta-feira.

Expectativa de vida


Você tem certeza de que a sua saúde está em ordem?

Pode parecer uma pergunta simples, mas a realidade é que a maioria das pessoas não tem ideia de como está a sua saúde. Isso porque nós não somos educados a ver nossa saúde como prioridade.

Enquanto a estimativa de vida do ser humano se estende cada vez mais (o que é algo positivo), me pergunto de que MANEIRA a população chegará até lá.

Será possível prolongar os nossos anos, sem adoecer, com a disposição, foco, faculdades mentais e corpo saudáveis para aproveitar o melhor que a vida tem a oferecer até os últimos dias?

Sim, meus amigos e amigas. Passo a vida inteira estudando e comprovando diariamente, em consultório e na vida de meus pacientes e daqueles que reavaliam seus hábitos e decidem escolher seu próprio futuro.

É por isso que cuidar da saúde é cada vez mais importante. Porque não adianta viver mais se não tiver qualidade! Já pensou viver os últimos 20 anos da sua vida incapaz de aproveitar a vida, com dor e sofrimento?

Mas você não precisa fazer parte dessa estatística...

===> CLIQUE AQUI PARA LER O ARTIGO COMPLETO <===
Médico revela porque a medicina tradicional sozinha não funciona mais


Dr. Sorrentino


A expectativa de vida

A expectativa de vida, também chamada de esperança de vida ao nascer, consiste na estimativa do número de anos que se espera que um indivíduo possa viver. Esse dado é muito importante, visto que é um dos critérios utilizados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) para se calcular o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de um determinado lugar.

Vários fatores exercem influência direta na expectativa de vida da população de um país: serviços de saneamento ambiental, alimentação, índice de violência, poluição, serviços de saúde, educação, entre outros.

Portanto, o aumento da expectativa de vida está diretamente associado à melhoria das condições de vida da população. Os avanços nesses dados estão sendo obtidos desde 1950, em que se constatou, em 2010, um aumento de mais de 20 anos na expectativa de vida da população mundial nesse período (1950 – 2010). No entanto, esse aumento ocorreu de forma desigual entre os países desenvolvidos, em desenvolvimento e as nações subdesenvolvidas.

Outra discrepância nos dados da expectativa de vida se refere aos sexos: as mulheres, na maioria dos países, vivem mais que os homens. Alguns possíveis fatores responsáveis por esse fenômeno:

  • A mortalidade infantil é mais comum entre os bebês do sexo masculino.

  • As mulheres são mais cuidadosas com a saúde.

  • A maioria dos trabalhos de grande periculosidade é exercida por homens.

Atualmente, a expectativa de vida da população brasileira é de 72,5 anos, sendo que as mulheres vivem, em média, 76 anos e os homens, 69 anos. Confira os países que apresentam as maiores e as menores expectativas de vida do planeta.

===> CLIQUE AQUI PARA LER O ARTIGO COMPLETO <===
Médico revela porque a medicina tradicional sozinha não funciona mais


 

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.