Leve a sério a sua TPM

Publicado em 12 de julho de 2007, quinta-feira.

Conhecida como TPM, a tensão pré-menstrual é um conjunto de sintomas que podem ser de leves a graves e interferirem na vida das mulheres de diferentes formas, podendo até mesmo afetar a qualidade de vida delas.
Trata-se de uma perturbação neuropsicoendócrina com sintomas que afetam a biologia, a psicologia e a vida social feminina. A mesma ocorre por todo período reprodutivo da vida da mulher, ou seja, desde a primeira menstruação (menarca), até a menopausa, e mais ainda, ciclicamente a cada mais ou menos 28-30 dias.

Quando a TPM se manifesta de forma indesejável, afetando o dia-a-dia dessas mulheres, tanto no aspecto pessoal como profissional, é hora de procurar auxílio médico. Tais queixas muitas vezes são relatadas ao clínico geral da mulher, ou mesmo ao seu ginecologista ou endocrinologista assistente. Não dá para passar a vida sofrendo, principalmente quando existe tratamento! A TPM não é uma doença, mas sim uma alteração fisiológica do ciclo menstrual, que pode ser resolvida.

Sintomas mais comuns:

- Nervosismo;
- Ansiedade;
- Alteração de humor;
- Dor de cabeça;
- Depressão;
- Falta de concentração;
- Cansaço;
- Dor e/ou aumento das mamas;
- Ganho de peso ou sensação de inchaço;
- Desejo mais intenso de comer alguns alimentos como doces e chocolate.

O importante é saber que esta situação é passageira, que estes incômodos passarão em poucos dias, e não terão repercussão à sua saúde.

Por exemplo: o aumento de peso é transitório, vem e vai com a própria menstruação, não devendo significar frustrações maiores (e irreais!).

Muitas hipóteses são feitas a respeito das causas da TPM, mas o que prevalece é que há uma influência hormonal do ciclo menstrual que interfere no sistema nervoso central. Há uma relação entre os hormônios femininos, as endorfinas e os neurotransmissores como a serotonina. Esta síndrome, não tem um único tratamento específico, pois variam com a queixa de cada mulher. Há resultados promissores com o uso via oral de cálcio, vitamina E, magnésio e vitamina B6 entre outros, que são usados para melhorar os sintomas e a qualidade de vida destas mulheres. Costuma-se usá-lo 14 dias antes da menstruação, diminuindo ou abolindo alguns sintomas.

Outras, já apresentam sintomas tão intensos, que precisam usar medicamentos controlados, como antidepressivos.

A questão da TPM é tão séria, que em vários países da Europa e dos EUA, quando as mulheres praticam crimes, causam batidas de carro, etc, e provam estar menstruadas ou em TPM, a pena é diminuída.

Medidas sugeridas:

- Nos dias que antecedem a menstruação prefira a alimentação mais leve, com menor teor de gorduras, sal, açúcar refinado e cafeína;

- Fracione as refeições, para driblar a gula;

- Dê preferência à ingestão de leite e iogurte desnatado, por serem ricos em cálcio;

- Evite a ingestão de álcool;

- Pratique exercícios físicos aeróbicos;

- Não fume;

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.