O que você sabe sobre os 3 tipos de gêmeos?

0
9206
tipos de gêmeos

Resumidamente, existem três tipos de gêmeos: os univitelinos, os bivitelinos, e os xifópagos.

Mas o que isso quer dizer afinal de contas? Hoje nós vamos esclarecer essa dúvida comum à maioria dos nossos leitores!

Saiba mais: Saiba como manter o peso durante a gestação com essas dicas!

1. Gêmeos Univitelinos

tipos de gêmeos
Sabe aqueles gêmeos que são iguais em absolutamente tudo? Eles são gêmeos univitelinos!

Gêmeos univitelinos são aqueles que são do mesmo sexo e têm a mesma cara, o mesmo tudo.

E para que nasçam dois bebês iguaizinhos é necessário que aconteça uma coisa muito misteriosa, que nenhum cientista sabe explicar direito. É preciso que o óvulo, depois de fecundado, ou seja, depois de se “misturar” com um espermatozoide, se divida em duas partes idênticas!

É isso aí, os univitelinos nada mais são do que um óvulo fecundado que, sem mais nem menos, resolveu virar dois! E, quando a gente fala “idênticos”, quer dizer idênticos mesmo. Gêmeos univitelinos são sempre do mesmo sexo, do mesmo tamanho, da mesma cor, do mesmo tudo!

Saiba mais: 5 dicas de alimentação para uma boa gravidez!

2. Gêmeos Bivitelinos

tipos de gêmeos
Pode até não parecer, mas as meninas da foto acima são gêmeas também!

Os gêmeos bivitelinos só têm uma coisa idêntica além da mãe: a data do aniversário!

Esses bebês são tão parecidos (ou diferentes!) quanto irmãos normais, e podem ser até de sexo ou características físicas diferentes.

Em vez de liberar um único óvulo por mês, como acontece normalmente, a mamãe libera dois óvulos, que são fecundados por dois espermatozoides.

Ou seja, ela “economiza” uma gravidez e dá à luz dois bebês de uma vez só!

Você pode gostar: Conheça as 3 fases da adolescência!

3. Gêmeos Siameses

tipos de gêmeos
Antigamente, o único destino possível para os gêmeos siameses era o circo. Felizmente isso mudou hoje em dia!

Os gêmeos siameses, também chamados de xifópagos, são aqueles univitelinos que não conseguiram se separar.

Os gêmeos idênticos nascem de um mesmo óvulo que, logo depois de ser fecundado resolve se dividir em dois, certo? Acontece que muito raramente essa separação não dá certo e os dois óvulos ficam grudados e os bebês nascem dessa forma.

A parte do corpo que eles compartilham depende da parte dos óvulos que não conseguiu se separar. Porém, o mais comum é que nasçam toracópagos, ou seja, unidos pela parte superior do tórax.

É uma coisa muito rara de acontecer. De cada 100 mil nascimentos, um é de gêmeos siameses e, em muitos casos, é necessário cirurgia para separar os bebês.

Saiba mais: Canhotos vivem menos do que os destros: Verdade ou Mito?

E você, conhece algum casal de gêmeos?

E-book Disfunção Erétil 468x60px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here