Primeiros Socorros: atendimento em caso de Desmaio

0
293
desmaio

Estava tudo bem, até que a pessoa sentiu um mal estar súbito, elevou a mão à cabeça e caiu de maneira muito delicada. É um clássico caso de desmaio…

Porém, diferentemente do que acontece em novelas, filmes e seriados, este dificilmente será um momento tão gracioso e dramático.

Embora assuste muita gente, não é razão para pânico. Na verdade, estima-se que 1 em cada 3 pessoas sofrerá um desmaio pelo menos uma vez na vida. Ele pode ocorrer frequentemente antes dos 35 ou após os 65 anos.

Entenda melhor o que é e o que causa esta síncope…

O que é o desmaio?

O desmaio, também chamado de síncope, se caracteriza pela perda momentânea de consciência e do controle do corpo. Na maioria dos casos, costuma ser um quadro passageiro, ou seja, a vítima poderá recobrar a consciência dentro de poucos minutos.

Justamente por isso, o desmaio não costuma ser um risco muito grave à saúde. Nestes casos, o maior perigo é que a pessoa machuque a cabeça durante a queda.

Ele geralmente acontece quando há falta de oxigênio no cérebro. Em outras palavras, o desmaio é um sinal que o cérebro envia para o corpo avisando que não há oxigênio suficiente.

E os motivos podem ser vários, desde uma forte emoção até um acidente grave. Entretanto, em geral, as causas de um desmaio não costumam ser motivo de preocupação.

Porém, caso eles ocorram com muita frequência e especialmente se você tiver algum problema de saúde crônico, você deverá consultar um médico!

Quais os sintomas?

Se você sentir estes sintomas, pode ser um caso de desmaio…

  • Formigamento dos membros
  • Falta de ar
  • Tontura
  • Visão turva
  • Palidez
  • Suor frio
  • Fraqueza  muscular
  • Baixa na pressão arterial e pulsação fraca

O que fazer?

Veja agora o que você pode fazer para minimizar os riscos e para fazer o atendimento em caso de desmaio:

  1. Coloque a vítima em um local arejado com boa ventilação.
  2. É necessário fazer que o sangue circule em maior quantidade no cérebro e nos órgãos nobres, par isso eleve os membros inferiores.
  3. Para evitar que a vítima vomite ou se asfixie, vire a cabeça da vítima para o lado.
  4. Afrouxe a roupa da vítima, para uma melhor circulação.
  5. Também é importante não dar líquidos a vítima logo após o desmaio. Isso porque a vítima pode não estar com seus reflexos totalmente recuperados e se afogar.
  6. Após aproximadamente um minuto depois da queda, o fluxo de sangue para o cérebro é novamente restabelecido e recupera-se a consciência.
  7. Não deixe a vítima caminhar sozinha depois do desmaio. Faça-a sentar e respirar fundo, após auxilie-a a dar uma volta, respirando fundo e devagar. Desta maneira, ocorre uma gradual readaptação a posição vertical evitando-se assim desmaiar novamente, o que pode ocorrer se ela levantar bruscamente.
  8. Após esses procedimentos, você poderá dar água a vítima.

Caso o mal estar continue durante muito tempo, procure atendimento especializado em postos de atendimento médico.

Newsletter 728x90px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here