3 maneiras de fazer o autoexame das mamas

0
202
autoexame

Sem dúvidas, o autoexame é a melhor forma de prevenir o câncer de mama!

Apesar de tudo, muitas mulheres ficam com dúvidas na hora de fazer o autoexame das mamas.

Afinal, qual a importância deste exame? Como fazer o autoexame? O que eu devo buscar? Existe alguma recomendação específica?

Pensando nisso, no post de hoje vamos esclarecer essas dúvidas e ensinar 3 maneiras de fazer o autoexame das mamas!

Porque o autoexame é importante?

autoexame das mamas
Como diz aquele ditado antigo: “Prevenir é melhor do que remediar”!

O câncer de mama ainda é um dos tipos de câncer mais comuns nas mulheres. Segundo dados do INCA, cerca de 25% dos casos de câncer em mulheres são tumores nas mamas.

Infelizmente, não há forma de prever o surgimento da doença com precisão. Por isso, ainda não é possível prevenir 100% o câncer de mama.

Saiba mais: Existe forma de prevenir o câncer de mama? 

Entretanto, um diagnóstico precoce é capaz de impedir a progressão da doença, tornando o tratamento muito mais eficaz!

O exame mais preciso para a detecção do câncer de mama é a mamografia, que  é uma radiografia dos seios. Somete este exame é capaz de identificar o microtumores até 2 anos antes de se tornar palpável!

Ele deve ser feito anualmente ou pelo menos a cada 2 anos. Os médicos passam a recomendar a mamografia às mulheres entre os 35 e 40 anos. Entretanto, em caso de histórico familiar, recomenda-se a mamografia após os 20 anos de idade.

Também vale lembrar que antes do exame de mamografia, é recomendado o autoexame das mamas mensalmente.

Aliás, você sabe como fazer o autoexame?

Saiba mais: Conheça os exames periódicos e obrigatórios!

Como fazer o autoexame das mamas?

autoexame
Aprenda a fazer o autoexame das mamas!

Para se obter um diagnóstico precoce o ideal é fazer um autoexame dez dias após a menstruação. O ideal é realizar o exame mensalmente depois dos 20 anos de idade.

Depois de completar 35 anos as mulheres devem intensificar os cuidados com visitas periódicas a um ginecologista ou um mastologista.

O exame preventivo feito pelo especialista pode detectar nódulos com até 1 cm de diâmetro, além de mudanças na textura da pele, coloração e saída de secreções.

Você pode gostar: Aprenda a usar o calendário lunar a seu favor!

Existem algumas maneiras de se fazer o autoexame. Por exemplos, você pode fazer em frente ao espelho, durante o banho ou mesmo deitada.

Tecnicamente falando, não há uma maneira que seja melhor. Na verdade, o ideal é fazer as 3 maneiras, já que uma complementa a outra e torna o autoexame mais completo.

O que você deve observar ao fazer o autoexame em casa

autoexame
Fique atenta a estes detalhes na hora de fazer o autoexame!

Quando se fala de autoexame, é importante observas as mamas como um todo e isso inclui, os mamilos e as aureolas e até mesmo as axilas!

  • A cor: Vermelhidão ou ardor na pele do seio, especialmente ao redor dos mamilos.
  • O formato: Mudanças inexplicáveis no formato ou no tamanho das mamas. Afundamentos ou inchaços das mamas. Inversão da posição dos mamilos.
  • A textura: Enrugamento da pele do seio ou ao redor dos mamilos, semelhante à textura da casca de laranja.
  • Os mamilos: Saída de líquidos e secreções esbranquiçadas ou sanguinolentas dos mamilos.
  • A pele: Coceira ou feridas na pele ao redor dos seios e dos mamilos.

Como mencionamos acima, existe 3 maneiras de fazer o exame. Vamos explicar agora como você pode fazer o autoexame das mamas em casa!

1. Em frente ao espelho

  1. Fique em frente ao espelho.
  2. Deixe os braços caídos e observe atentamente os seios.
  3. Posicione as mãos na cintura, faça força e observe novamente os seios.
  4. Coloque as mãos atrás da cabeça e observe o tamanho, posição e forma do mamilo.
  5. Pressione levemente os mamilos e observe se há saída de secreção.

2. Durante o banho

  1. Levante o braço esquerdo e o apoie atrás da cabeça.
  2. Com a outra mão, examine a mama esquerda.
  3. Com a polpa dos dedos, comece tocando a pele ao redor dos mamilos e vá expandindo.
  4. Sinta a textura, a temperatura e observe o formato da mama e dos mamilos.
  5. Pressione levemente os mamilos e observe se há saída de secreção.
  6. Faça movimentos circulares, de cima para baixo.
  7. Repita os movimentos na mama direita.

3. Deitada na cama

  1. Deite na cama e coloque uma toalha dobrada no ombro direito.
  2. Sinta a mama direita com movimentos circulares a partir dos mamilos.
  3. Coloque uma toalha dobrada sob o ombro direito para examinar a mama direita.
  4. Sinta a mama com movimentos circulares, fazendo uma leve pressão.
  5. Apalpe a metade externa da mama, até as axilas.
  6. Inverta o procedimento para a mama esquerda.

Caso sinta algum nódulo ou mudança na textura ou tamanho, procure um médico ginecologista ou mastologista. Ele realizará o exame clínico de mama e poderá solicitar a mamografia para avaliar corretamente.

Com estas dicas, fazer o seu autoexame ficará muito mais simples!

Achou este artigo útil? Deixe seu comentário aqui embaixo e compartilhe!

E-book Disfunção Erétil 468x60px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here