Câncer de mama: É possível prevenir este mal?

0
209
câncer de mama

Entre as maiores causas da morte por câncer de mama estão a detecção tardia e a metástase. Isso porque cerca de 60% dos casos são identificados já em estágios avançados, o que dificulta o tratamento e a cura.

Para mudar essa situação, outubro deixou de ser apenas o mês das crianças e passou a ser Outubro Rosa, o mês de conscientização sobre o câncer de mama!

Aliás, desmistificar o câncer de mama é definitivamente o primeiro passo para a sua prevenção. Até porque, o diagnóstico precoce é a principal razão para a diminuição nas taxas de mortalidade do câncer de mama nos últimos anos!

Ainda assim, as taxas de mortalidade do câncer de mama são altas, especialmente entre as mulheres acima de 50 anos, as principais vítimas desta doença traiçoeira. E a desinformação é uma das principais responsáveis…

Por isso, vamos entender um pouco mais sobre esta doença!

     O que é o câncer de mama?

câncer de mama
Desmistificar o câncer de mama é o primeiro passo para a prevenção!

Por definição, o câncer é uma doença onde há uma proliferação anormal das células, o que leva a um tumor.

Quando este tumor se localiza nas mamas ou em áreas próximas, como as axilas, por exemplo, é considerado um caso de câncer de mama. Os médicos e cientistas ainda pesquisam sobre as causas levam a essas alterações genéticas, mas já se sabe que está diretamente ligada à biologia celular.

Entretanto, fatores ambientais como o cigarro, terapias hormonais – anticoncepcionais, por exemplo -, obesidade e alcoolismo podem ajudar a desencadear essa produção descontrolada das células.

Você pode gostar: Entenda porque a soja pode fazer mal à você!

Este é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres, totalizando cerca de 25% dos casos. Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), existem mais de 59 mil novos casos de câncer de mama por ano apenas aqui no Brasil!

     Os 2 tipos de câncer de mama

Embora muitas pessoas não saibam, existem diversos tipos e subtipos de câncer. Porém, de maneira mais simples, eles podem ser divididos em 2:

  • Tumor Não-Invasivo: Também chamado de câncer in situ, este tumor está contido em algum ponto da mama. Por isso, é um pouco mais fácil de identificar, já que as células cancerosas se concentram dentro de um nódulo.
  • Tumor Invasivo: Este tipo de tumor é também chamado de metastático. Ele acontece quando, por algum motivo, o tumor se rompe, permitindo que as células cancerosas se espalhem e invadam outros órgãos.

Além destas classificações existem muitas outras que permitem classificar o tipo de tumor. Identificar o tipo e subtipo de câncer, assim como o estágio, é crucial para determinar o tratamento.

Vale também lembrar que todo câncer in situ pode se transformar em um câncer metastático, o que pode tornar o tratamento muito mais difícil. Por isso, a prevenção do câncer de mama é tão importante!

Você pode gostar: Quais os sintomas da Gonorreia?

     Quem pode ter câncer de mama?

mulheres acima de 50
Prevenir o câncer de mama pode estar em suas mãos!

Não há dúvidas de que o câncer de mama é muito mais frequente em mulheres. Porém, se engana quem pensa que o câncer de mama só afeta a elas…

Embora muitas pessoas não saibam, o câncer de mama pode afetar também os homens, ainda que seja uma parcela muito pequena – apenas 1% dos homens.

Saiba mais: Por que você deve se preocupar com este tipo de câncer?

Apesar disso, as mulheres ainda são as principais vítimas desta doença. Por isso, conhecer os fatores que podem aumentar os riscos do surgimento de câncer de mama é crucial!

    Principais fatores de risco

  • Mulheres acima de 50 anos
  • Menstruação precoce
  • Histórico familiar
  • Reposição hormonal
  • Anticoncepcionais
  • Obesidade
  • Tabagismo
  • Ausência de gravidez
  • Lesões de risco
  • Tumor anterior

Vale lembrar que as pesquisas relacionam o uso de anticoncepcionais e aumento da incidência de câncer de mama não são conclusivas.

Outro fator interessante revelado em um estudo é que o câncer de mama é mais comum em alguns grupos étnicos. A razão para isso é que entre 5 a 10% dos casos de câncer de mama são resultado de mutações genéticas encontradas em grupos familiares.

Saiba mais: 5 mitos sobre a TPM que você precisa desvendar!

     É possível prevenir o câncer de mama?

prevenir o câncer de mama
Quando se trata do câncer de mama, a prevenção é o melhor remédio!

Infelizmente ainda não é possível prevenir completamente o câncer de mama. Porém, algumas ações simples como evitar o cigarro e a bebida alcoólica podem ajudar. Além disso, praticar atividades físicas e controlar o peso também pode reduzir as chances de câncer de mama.

Entretanto, o diagnóstico precoce é o que realmente pode fazer toda a diferença! Identificar a doença nos estágios iniciais pode aumentar significativamente as chances de sucesso no tratamento.

Mas ainda fica a pergunta, o que VOCÊ pode fazer para prevenir? E a resposta é simples: você pode fazer TODA a diferença!

     Os principais sintomas

Tudo o que você precisa fazer é ficar de olho nos sintomas que podem surgir. Geralmente, o sintoma mais comum em casos de câncer de mama são os nódulos. Eles podem ser indolores, duros e irregulares, e em alguns casos menos frequentes, macios e arredondados.

Porém, além deles, existem outros sintomas que você mesma pode identificar:

  • Nódulo na mama ou nas axilas
  • Inchaços estranhos na mama
  • Dor ou inversão do mamilo
  • Irregularidades ou retrações na pele ao redor da mama
  • Vermelhidão ou descamação do mamilo
  • Secreção do mamilo

Observar esses sinais pode ajudar e muito na hora de identificar o câncer de mama. Ainda assim, vale lembrar que somente um médico poderá dizer se essas alterações são nódulos benignos ou não.

Saiba mais: 3 dicas para fazer o autoexame das mamas!

Por isso, faça a mamografia periodicamente e busque um médico caso note qualquer alteração nas mamas! Lembre-se que a prevenção é o melhor tratamento!

Curtiu este artigo? Deixe o seu comentário aqui embaixo!

E-book Disfunção Erétil 468x60px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here