5 mitos sobre a TPM que você precisa desvendar

0
298
mitos sobre a tpm

Não importa se você é homem ou mulher, a TPM, ou tensão pré-menstrual, é um assunto importante e que, certamente, lhe diz respeito…

Se você é mulher, bom, muito provavelmente você passa por isso todos os meses, não é mesmo? E se você for homem, certamente você convive com mulheres no seu dia-a-dia e por isso precisa entender um pouco melhor sobre a tão temida TPM.

Por isso, aqui estão os 5 mitos sobre a TPM que você precisa entender!

1. A TPM é um mito e não existe

O mito mesmo é dizer que ela não existe!

Ainda que durante muito tempo ela tenha sido considerada uma espécie de mito, ou exagero das mulheres, saibam que ela não é besteira!

A verdade é que muitas hipóteses são feitas a respeito das causas da TPM. Entretanto, é fato que durante o período que antecede a menstruação há uma alteração hormonal e isso acaba afetando o corpo todo… 

Essa variação do estrogênio e da progesterona, pode causar dores de cabeça, no corpo, cólicas, variações de peso, entre os mil outros sintomas relatados pelas mulheres.

É claro que, porque estamos falando de hormônios, essa influência se estende também ao sistema nervoso central, responsável por controlar as emoções. Por isso é normal que algumas mulheres fiquem mais sensíveis ou mais irritadas.

Porém, é importante lembrar que…

2. Mulher na TPM = mulher descontrolada

mitos sobre a TPM
A variação de humor é normal nesse período, mas não significa descontrole!

Não, senhoras e senhores, a TPM não é sinal de descontrole feminino!

Para muitos, a TPM é um sinal de que a mulher está completamente louca, chorona, raivosa e fora de controle, o que acaba se tornando motivo de piadas e brigas.

Porém, é importante entender que a tensão pré-menstrual não é sinônimo de descontrole. Realmente, existe uma relação entre os hormônios femininos, as endorfinas e os neurotransmissores como a serotonina.

Portanto, faz sentido que algumas mulheres se sintam mais sensíveis, enquanto outras se sentem mais irritadas, e por aí vai. Isso sem contar dos sintomas físicos, como as dores, cólicas e inchaço, que são capazes de tirar qualquer um do sério!

Então, se você é mulher e sabe que a TPM está chegando, procure fazer atividades mais tranquilas e que lhe tragam calma. Às vezes, ficar em casa – se você puder – e tomar aquele chazinho de maracujá são medidas que realmente ajudam nesse período.

E se você é homem, tente ter um pouquinho mais de paciência, pois esse é realmente um período mais complicado. Ah, e lembre-se de nunca, sob hipótese alguma, perguntar a uma mulher se ela está na TPM, ok?!

Isso nos leva a outro mito…

3. A TPM é igual para todas as mulheres

menstruação
Cada mulher tem um ciclo diferente e isso muda tudo!

Este é mais um MITO!

Sim, eu sei que parece injusto, mas os sintomas da TPM não são iguais para todas as mulheres…

A verdade é que a tensão pré-menstrual é uma síndrome que afeta aproximadamente 80% das mulheres. Ou seja, ainda restam aproximadamente 20% de mulheres que nem sentem ela passar.

Ainda não se sabe bem porque isso acontece e porque algumas mulheres são mais afetadas que outras. Porém, algumas pesquisas, como a da pesquisadora sueca Inger Poroma, indicam que isso pode ter origem em uma atividade cerebral e hormonal diferente em algumas mulheres.

Por isso, a variedade dos sintomas e a intensidade diferem muito de mulher para mulher. Enquanto algumas sentem mais os sintomas físicos, algumas sentem mais os sintomas emocionais e outras sentem todos juntos e ao mesmo tempo. Lembrando que isso pode variar de acordo com o mês também.

Ainda que não seja uma doença propriamente dita, algumas medidas como evitar café neste período podem ajudar a aliviar os sintomas físicos e emocionais.

Entretanto, se a sua TPM é muito forte, talvez seja melhor buscar uma ginecologista porque…

4. A TPM é considerada uma doença

SIM e NÃO…

Parece contraditório, ainda mais se você levar em consideração o que acabamos de dizer, mas é verdade!

Em geral, a TPM não é considerada uma doença. Porém, se os sintomas forem realmente muito fortes pode ser um indicativo de que você sofre de TDPM. Mas o que seria isso?

Segundo as pesquisadoras Maria Laura Nogueira Pires e Helena Maria Calil, a TDPM, ou Transtorno Disfórico Pré-Menstrual é um conjunto de sintomas emocionais e comportamentais que estão associados ao período pré-menstrual.

Ela se difere de outros transtornos porque os sintomas desaparecem junto com a menstruação e retornam no próximo ciclo. Pelo que revelou o estudo, é possível que isso seja resultado de uma atividade incomum no cérebro nesse período, o que leva a intensas variações de humor.

Nesses casos, o ideal é consultar um médico ginecologista, que poderá indicar o melhor tratamento para o seu caso. Além disso, pode ser interessante buscar acompanhamento com um psicólogo ou psiquiatra.

Ainda assim, vale ressaltar que isso não é motivo para associar a TPM e descontrole viu!

5. A TPM só acontece antes da menstruação

O ‘P’ de TPM significa pré.  Portanto, esses sintomas ocorrem somente antes da menstruação, correto?

Seria perfeito se fosse, mas não é necessariamente assim que funciona!

Geralmente, os sintomas da TPM costumam aparecer de 15 a 10 dias antes da menstruação e desaparecer depois que ela chega.

Porém, para algumas mulheres (nem tão) sortudas assim, os sintomas podem se estender até o final do período menstrual. Isso quer dizer que, na prática, uma mulher pode ficar até 15 dias por mês na TPM!

Mas não se assuste! Existem alguns tratamentos com anticoncepcionais e terapias alternativas que podem ajudar a controlar isso. Portanto, se você sente que a TPM atrapalha a sua vida, busque orientações com sua ginecologista!

E para terminar, deixamos um vídeo explicativo (e muito divertido) sobre como seria se a TPM fosse uma pessoa.


Fonte: Canal DRelacionamentos

E você, conhece algum outro mito sobre a TPM? Se sim, compartilhe com a gente!

Newsletter 728x90px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here