Testosterona baixa? Saiba o que fazer para evitar esse problema!

0
158
testosterona baixa

Homem só pensa em sexo

Quantas vezes você já não ouviu essa frase por aí? Aposto que milhares de vezes, não é mesmo? E não é à toa!

Ela é repetida exaustivamente por homens e mulheres há muito tempo. Tanto que já se tornou uma “verdade” popular.

Mas a coisa não é bem por aí não, especialmente no caso dos homens com testosterona baixa!

Ao contrário do pensamento popular, a falta de tesão não acomete apenas as mulheres. Na verdade, o prejuízo para os homens pode ser muito maior, já que, ao contrário das mulheres, eles não falam sobre isso.

Pois é, a saúde masculina – especialmente a sexual – ainda é assunto tabu.

E por mais incrível que pareça, existem homens que não pensam só em sexo e mesmo alguns que nem o desejam. Isso tem tudo a ver com um hormônio chamado testosterona.

Aliás, você com certeza já ouviu falar desse hormônio. Mas você sabe a importância dele no seu corpo?

Conheça a testosterona

desejo sexual
Você pode não saber, mas ela é a sua melhor amiga!

Quando se trata do sistema hormonal masculino esse é provavelmente o mais importante dos hormônios.

Isso porque a testosterona é o hormônio responsável pela espermatogênese, um nome bonito para a produção de espermatozoides.

Nos homens ele é produzido nas gônadas (os testículos) por causa do estímulo de outros dois hormônios, o FSH (hormônio folículo-estimulante) e o LH (hormônio luteinizante). 

10 mitos e verdades sobre a Disfunção ErétilAh, e vale lembrar também que a testosterona não é um hormônio exclusivo dos homens!

Na verdade, tanto homens quanto mulheres produzem a testosterona, mas é claro, em níveis diferentes. Uma mulher produz cerca de 20 a 30 vezes menos testosterona que um homem, por exemplo. Além disso, diferentemente dos homens, nas mulheres a testosterona é produzida nos ovários.

É a partir dos 14 anos que acontece um aumento na produção da testosterona nos homens. Por isso, esta é também a fase em que os pelos e a barba começam a crescer, a voz a engrossar e os músculos a tomar mais forma. Já nas mulheres a produção aumenta a partir da primeira menstruação.

Também é nessa fase que começa a aumentar o interesse pelo sexo e o desejo sexual.

Como você pode ver, a testosterona desempenha muitos papéis no seu corpo. Por isso é importante saber…

Tudo que a testosterona faz por você

libido
Os benefícios dela no seu organismo vão muito além do que você pensava!

Você já deve ter percebido que a testosterona é responsável por muito mais coisas do que a apenas produção de espermatozoides e manutenção da fertilidade.

Se você faz academia, deve saber também que ela é responsável pelo ganho de massa muscular. Ou seja, homens com testosterona baixa têm mais dificuldade na hora de ganhar forma na musculação.

Além disso, a testosterona ajuda a regular os níveis de energia no corpo e é crucial para quem tem uma rotina atribulada. Ela também auxilia nos processos cognitivos, tornando o aprendizado mais rápido e fácil.

Outra função importantíssima da testosterona é na hora de regular as sensações do homem. Isso porque esse hormônio está ligado e age diretamente no sistema nervoso masculino e, portanto, regula a sensação de felicidade e bem-estar.

E por último, mas não menos importante, a testosterona também é responsável pela manutenção da libido sexual.

Em outras palavras, a testosterona e o desejo andam de mãos dadas e, por isso, ela é diretamente responsável pelo sua vontade de transar (ou não).

Tanto que, homens que produzem muito desse hormônio tendem a sentir mais desejo sexual, enquanto os que apresentam testosterona baixa sentem pouco ou nenhum desejo.

E agora chegou a hora de dar a primeira má notícia…

Os efeitos da queda da testosterona

testosterona baixa
Os efeitos da queda da testosterona podem ser devastadores!

Lembra que comentamos lá atrás que a produção de testosterona aumenta na adolescência?

Pois é, tudo que sobe, desce e, nesse caso, a descida começa a partir do 30 anos de idade.

Isso quer dizer que a partir dessa idade a produção de testosterona começa a cair naturalmente, e o seu corpo vai produzindo cada vez menos desse hormônio.

E o pior é que a queda vai ficando cada vez mais acentuada a partir dos 40 e ainda mais aos 50 anos de idade. É o que muitos médicos já chamam de menopausa masculina, ou andropausa.

E essa queda na produção da testosterona pode trazer consequências muito graves para os homens, tais como:

  • Queda da libido: O desejo, assim como a potência sexual, podem diminuir drasticamente.
  • Queda na espermatogênese: Há uma queda na produção de espermatozoides, o que pode causar problemas de infertilidade.
  • Perda de massa muscular: Os músculo se tornam mais fracos e menos resistentes.
  • Perda de densidade óssea: Os ossos também se tornam mais fracos, se tornando mais propensos à quebra e à osteoporose.
  • Cansaço e falta de disposição: Com a testosterona baixa, o corpo se sente mais cansado e menos disposto às atividades mais simples.
  • Problemas cognitivos: O aprendizado e o raciocínio lógico ficam mais lentos com a testosterona baixa.
  • Diminuição da barba e perda de pelos: Nessa fase o corpo diminui e até mesmo para de produzir pelos pelo corpo, o que pode inclusive contribuir para a calvície.

Como você pode perceber, existem muitas prejuízos quando o assunto é testosterona baixa.

E vale lembrar também, que alguns fatores podem contribuir (e muito) para a piora desse quadro, e isso vale para os mais novos também…

 Fatores que contribuem para a queda

testosterona
O estresse pode contribuir para a queda da testosterona!

Talvez agora você esteja pensando que é muito jovem e que, por isso, não precisa se preocupar com testosterona baixa e esse tipo de coisa.

Mas a verdade é que existem muitos fatores que podem alterar a produção da testosterona, e isso não depende da idade!

Portanto, mesmo que você seja jovem, fique atento com alguns fatores que podem baixar o seu nível de testosterona.

10 mitos e verdades sobre a Disfunção Erétil

  • Altos níveis de estresse
  • Má alimentação e obesidade
  • Depressão e transtornos de ansiedade
  • Tabagismo e alcoolismo
  • Uso de medicamentos
  • Disfunção erétil
  • Hiperplasia Benigna Prostática

Saiba mais: Conheça as 3 disfunções sexuais mais comuns!

O que você pode fazer nessas horas?

desejo sexual
Algumas ações podem dar uma forcinha pro seu corpo!

Felizmente, e especialmente se você for jovem, cortar alguns fatores da lista acima pode contribuir para a normalização dos níveis de testosterona.

Por exemplo, se você cortar a fonte de estresse, ter uma alimentação adequada e adotar hábitos saudáveis, são grandes as chances do problema desaparecer.

Porém, se você já está na faixa dos 30 (ou mesmo acima dela), temos uma notícia não tão boa assim…

Infelizmente, ainda não há como prevenir a queda natural da testosterona em homens a partir dos 30.

Mas isso não quer dizer que não existe forma de tratar esse problema!

Isso porque felizmente existem tratamentos que ajudam na reposição deste hormônio!

Por isso, consulte o seu médico urologista e descubra o tratamento mais indicado para você!

Curtiu este artigo? Deixe seu comentário aqui embaixo!

E-book Disfunção Erétil 468x60px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here