Engasgo

0
110
engasgo

O engasgo é uma amostra do organismo para expelir o alimento ou objeto que toma um caminho errado. Na parte superior da laringe localiza-se a epiglote que funciona como uma porta que permanece aberta para comportar a chegada do ar aos pulmões e se fecha quando engolimos algo, isso para dificultar a passagem do alimento para os pulmões e encaminhá-lo ao estômago.

Em determinados casos a epiglote falha e os alimentos seguem para a laringe e pára bloqueando a passagem de ar até os pulmões e isso faz com que o organismo reaja com jatos de ar que são enviados pelas terminações nervosas da laringe. A saída do alimento ocorre pela boca ou nariz e marca o fim do engasgo. O engasgo pode ser bastante perigoso se a vítima não for rapidamente socorrida, pois a falta de ar pode causar a morte. Por este fato é importante que a pessoa engasgada tussa para expelir o alimento que bloqueia a epiglote. Caso a pessoa não consiga, pode-se aplicar a Manobra de Heimlich que é o melhor método para desobstruir as vias aéreas.

Deve-se posicionar atrás da pessoa engasgada e abraçá-la na altura do estômago. O próximo passo é dar empurrões para cima e para dentro ao mesmo tempo para comprimir o abdômen contra os pulmões forçando o desbloqueio da epiglote.

Os métodos normalmente utilizados são:

– Cricotireoidostomia: É o método que utiliza a abertura da laringe ao nível da membrana cricotireóidea para acessar rapidamente a via aérea.

– Intubação endotraqueal: É o método que utiliza um tubo que é introduzido na traquéia para facilitar a ventilação mecânica ou a ventilação através de aparelhos.

– Ventilação mecânica: É o método que utiliza uma máscara de ventilação para auxiliar a entrada e a saída de ar do organismo.

– Traqueostomia: É o método que utiliza a abertura da traquéia para fazer o desbloqueio da mesma.

Newsletter 728x90px

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here